terça-feira, 26 de julho de 2016

love LOVE



Sem querer .❀༺♥♥
Afogamos as palavras que não dizemos…

Isabel Morais Ribeiro Fonseca



Quero-te assim
Para me perder
De mim em ti.❀༺♥♥

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

domingo, 17 de julho de 2016

AMOR ♥♥


O amor verdadeiro

            é livre na sua plenitude 

༻❀༺༻❀༺༻❀༺ -

Isabel Morais Ribeiro Fonseca


Planta-me no teu coração
 
                 - Que eu crescerei depressa.

༻❀༺༻❀༺༻❀༺ -

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

domingo, 3 de julho de 2016

HOJE MORRI

Hoje morri no sossego do arvoredo

Leia mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=311047 © Luso-Poemas

Hoje morri entre o luar da folhagem
 
Hoje morri no sossego do arvoredo 

Hoje morri por ser noite na aragem

 

 HOJE MORRI

Hoje morri depois de um dia vulgar
Hoje morri entre o luar da folhagem
Hoje morri no sossego do arvoredo
Hoje morri por ser noite na aragem
Hoje morri nas horas de sol e luz
Hoje morri na normalidade da noite
Hoje morri dentro da sombra da lua
Hoje morri sem mácula do desespero
Hoje morri no arrependimento estando só
Hoje morri no horizontal de um tempo
Hoje morri nos vincos de uma memória
Hoje morri no entardecer das oliveiras
Hoje morri no sonho em que tu despertas
Hoje morri na lembrança da saudade
Hoje morri sem saber que tinha morrido
Hoje morri em segredo na tristeza ou na alegria.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca



HOJE MORRI

Hoje morri depois de um dia vulgar
Hoje morri entre o luar da folhagem
Hoje morri no sossego do arvoredo
Hoje morri por ser noite na aragem
Hoje morri nas horas de sol e luz
Hoje morri na normalidade da noite
Hoje morri dentro da sombra da lua
Hoje morri sem mácula do desespero
Hoje morri no arrependimento estando só
Hoje morri no horizontal de um tempo
Hoje morri nos vincos de uma memória
Hoje morri no entardecer das oliveiras
Hoje morri no sonho em que tu despertas
Hoje morri na lembrança da saudade
Hoje morri sem saber que tinha morrido
Hoje morri em segredo na tristeza ou na alegria.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

Leia mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=311047 © Luso-Poemas
Hoje morri no sossego do arvoredo

Leia mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=311047 © Luso-Poemas