sábado, 4 de janeiro de 2014

"CORAÇÃO"

"CORAÇÃO"

Hoje à noite vou deitar a minha cabeça
No teu ombro, no teu colo
Sentir o teu coração
Para curar as dores do corpo, da alma
Afagar todo o meu sofrimento
A tristeza deita-se comigo nesta noite fria
Tempo de um sonho tesouros de saudade
Recordações rasgadas, amansadas.
Jogadas no chão como uma raiz morta.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca